Inadimplência das empresas subiu 5,1% até o 3º trimestre, diz Boa Vista
Nos valores acumulados em 4 trimestres, o indicador aumentou 6,3%. Ante trimestre anterior e mesmo de 2015, houve aumento de 1,5%.


A inadimplência das empresas em todo o país aumentou 5,1% até o 3º trimestre do ano, na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com a Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).



O indicador analisa cheques devolvidos, títulos protestados e registros de débitos da base da Boa Vista SCPC.



A inadimplência registrada em 4 trimestres, isto é, a quantidade de restrições acumuladas desde o 4º trimestre de 2015 até o 3º trimestre deste ano frente aos 4 trimestres antecedentes, aumentou 6,3%.



Já na avaliação contra o mesmo trimestre do ano anterior (julho a setembro), houve aumento de 1,5%. Na avaliação contra o trimestre imediatamente anterior (abril a junho), o indicador também apresentou alta de 1,5%, descontados efeitos sazonais.



“Após praticamente oito trimestres de elevação contínua dos valores acumulados em 4 trimestres, a inadimplência das empresas dá novos sinais de enfraquecimento, mantendo a tendência de desaceleração na análise de longo prazo. Ademais, com a retomada da confiança, houve uma melhoria das próprias perspectivas para atividade econômica, inflação, juros e consumo, fatores importantes para uma melhora gradual das empresas”, informou a Boa Vista.